Isaac Newton VS João Batista

Se você é como eu, um ser humano normal, não deve gostar muito de lembrar da época em que era preciso entender e decorar as leis da física. Isso pra nós que, graças a Deus, já passamos por esta árdua fase de ter que sabê-las para passar no vestibular. Se você ainda está neste processo, boa sorte! 

Dentre tantas destas leis, as mais conhecidas, pelo menos as únicas que ainda consigo lembrar, são as leis de Newton. 

Há uma delas, mais precisamente a Lei da impenetrabilidade (só sei esse nome porque minha irmã, que é muito inteligente e está se preparando para o vestibular, me lembrou). Esta lei diz que DOIS CORPOS NÃO PODEM OCUPAR O MESMO LUGAR NO ESPAÇO.

Sei que as coisas espirituais extrapolam, além de qualquer comparação, as leis da física. Mas vi que Newton não foi o primeiro a chegar nesta conclusão. João Batista disse primeiro quando afirmou:

[quote]É necessário que Ele cresça e que eu diminua. João 3.30[/quote]

João Batista, como o nome diz, era o “batizador” oficial de Israel. Mas é confrontado, como conta no capítulo 3 de João, a partir do verso 22, por um judeu que vem questionar o fato de Jesus estar, também, batizando pessoas. João Batista não titubeou, chegou a uma conclusão rápida, entre mim e Jesus para qualquer situação sempre deve-se escolher Jesus. João Batista explica que veio apenas preparar o caminho para Jesus, como um amigo que leva a noiva ao encontro do noivo e fica feliz ao ver o encontro dos dois, pois sabe que a noiva não é sua. Para completar o raciocínio declara o que Newton demorou mais 1600 anos para ganhar notoriedade dizendo: Dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço. É como se João Batista dissesse: “Eu e Jesus não podemos ocupar o mesmo espaço. PARA ELE CRESCER EU PRECISO DIMINUIR”.

E diz ainda que é NECESSÁRIO, é uma necessidade dele, que Jesus cresça e ele diminua. Perceba que há uma relação de proporcionalidade inversa: quando um cresce o outro diminui. Não que consigamos diminuir Jesus, de forma alguma, mas diminuímos Sua ação em nós e, assim não satisfazemos a NECESSIDADE de que Ele cresça em nós!

Percebo que não dá para crescer junto com Jesus. Não podemos ocupar o mesmo espaço dentro de um coração. Ou nós dominamos nosso coração e temos um ego grande e um espaço pequeno para Jesus, ou damos espaço a Ele e deixamos que Ele cresça em nós e vemos nosso ego diminuindo a ponto de morrermos para nós mesmos.

Paulo também chegou a esta conclusão quando disse:

[quote]Não vivo mais eu, Cristo vive em mim. Gálatas 2.20[/quote]

Ele entendeu que para Cristo viver ele tinha que morrer. Para Cristo crescer ele tinha que diminuir. Para aceitar Jesus era preciso negar a si mesmo. Para encher-se de Cristo era preciso esvaziar-se de si mesmo.

A lei que João Batista ensinou e que foi corroborada por Paulo foi apenas exemplificada por Newton. Estou aprendendo a priorizar as necessidades em minha vida e É NECESSÁRIO que ELE CRESÇA e que EU diminua. Enquanto não fizer que isso aconteça em mim vou estar negligenciando uma necessidade do meu espírito e isso pode ser fatal.

As vezes me vejo, e não estou sozinho nessa, com uma vontade de crescer, e de ser reconhecido, e de ocupar grandes lugares. Miserável homem que sou. Preciso diminuir, só assim terei espaço para que Ele cresça, e esta é minha necessidade.

Minha oração hoje é que possamos entender que não dá pra crescer junto com Jesus. Que possamos sacrificar nossa carne e morrer para nossos desejos e vontades. Que nosso orgulho e nossa vontade de ser grandes sejam mortificados para que Ele cresça em nós. Só assim o caráter Dele se manifestará em nós e seremos imagem e semelhança Dele.

Que Deus te abençoe e te ajude a diminuir.
Jonatas Leônio

Comentários

Comentários

Comentários

Comentários

© Copyright - JesusCopy