E ai galera? Mais uma semana chegou ao fim. Nestas duas últimas semanas um assunto dominou a internet, o mundo do Islamismo.  Devido ao atentado terrorista em Paris. Caso você esteja totalmente desinformado, vou resumir. Dois homens entraram na redação de um jornal (Charlie Hebdo) de desenhos na capital da França e mataram 12 pessoas, incluindo os quatro cartunistas. A justificativa do assassinato foi o fato do jornal publicar desenhos do profeta Maomé, o que é um insulto para os muçulmanos.

Depois de dois dias procurando pelos terroristas, a policia francesa conseguiu cerca-los em uma cidade próxima a Paris. Os criminosos entraram em uma fábrica e fizeram uma pessoa de refém. A polícia conseguiu contato com eles via telefone para uma possível negociação. Na conversa, os dois irmãos disseram que estavam dispostos a morrer como Mártires naquele dia.

Enquanto assistia aquela reportagem eu comecei a pensar sobre aqueles homens. Como deve ser você estar dentro de um galpão sabendo que aquele é o dia da sua morte? Que dali algumas horas aqueles policiais invadiriam aquela fábrica e te matariam.

Esta história me constrangeu muito. Pois tudo isso que estes homens fizeram foi para honrar o profeta Maomé, que está morto. E eu que sirvo a um Deus vivo, não tenho a mesma ousadia que eles. É claro que não fomos chamados para agir com violência, mas com amor. Nossa arma é o amor. Mas constantemente me pego com medo de lutar pelos interesses do Reino de Deus, pois, o que vão pensar de mim?

Você já ficou com medo de evangelizar alguém, já ficou constrangido em compartilhar Jesus com uma pessoa desconhecida? Você já se sentiu impulsionado a orar por alguém ou entregar um recado de Deus, mas não teve coragem de fazer? Nosso pensamento é sempre, o que vão pensar de mim? E se Deus não curar? E se a profecia estiver errada?

Jesus nos mandou buscar o Reino de Deus em primeiro lugar, mandou pregar, fazer discípulos, curar enfermos, libertar cativos e até mesmo ressuscitar mortos. Por que não estamos fazendo? Porque nos falta algo que sobra nestes terroristas, CORAGEM DE SE MATAR.

O que falta para nós é a coragem de suicidar nossa imagem social. É chegar diante da sala de aula da faculdade lotada e pedir para fazer uma oração, para Deus abençoar os estudos daquele dia. É comprar uma Bíblia para o seu chefe lá na empresa e dizer para ele que Jesus é apaixonado por ele. É mandar um WhatsApp para todos os seus amigos dizendo: Tenho uma boa notícia para vocês, o Reino de Deus chegou, quer saber como fazer parte, me mande mensagem. 

Mas nosso pensamento é sempre: “Mas o que vão pensar de mim?” Minha oração é que Deus nos de a coragem de suicidar nossa imagem social. Veja o que diz no evangelho segundo João:

Ainda assim, muitos líderes dos judeus creram nele. Mas, por causa dos fariseus, não confessavam a sua fé, com medo de serem expulsos da sinagoga; pois preferiam a aprovação dos homens do que a aprovação de Deus. (João 12:42-43)

Alguns líderes da época de Jesus chegaram a crer nele, mas não divulgavam, pois tinham medo de perder seus privilégios, eles amaram mais a reputação deles do que a reputação do evangelho, Que a partir destes texto, você e eu possamos colocar o Reino de Deus e o Rei Jesus acima de nossa própria vida. Não tenha medo de assassinar sua reputação em favor da glória de Deus.

Douglas Gonçalves
contato@jesuscopy.com

Comentários

Comentários

Comentários

Comentários

© Copyright - JesusCopy